42_2Chega esse mês nas locadoras 42 filme que conta a história de dois homens – o grande Jackie Robinson e o lendário Branch Rickey, do Brooklyn Dodgers – cuja valente posição contra o preconceito mudou para sempre o mundo, começando pelos jogos de beisebol. Em 1946, Branch Rickey (Harrison Ford) se posicionou à frente da história quando colocou Jackie Robinson (Chadwick Boseman) na equipe, quebrando a linha racial da Liga Principal de Beisebol. Mas isso também colocou Robinson e Rickey na linha de fogo do público, da imprensa e, até mesmo, dos outros jogadores. Enfrentando o racismo desmedido de todos os lados, Robinson foi forçado a demonstrar tremenda coragem e autocontrole ao não reagir da mesma forma, sabendo que qualquer incidente poderia destruir suas esperanças e as de Rickey. Em vez disso, o número 42 deixou o seu talento no campo falar por si, e acabou conquistando os fãs e seus companheiros de equipe, silenciando os críticos e abrindo o caminho para que outros seguissem.

42 é um drama universal, embora piegas, cujo grande mérito não é retratar a trajetória tortuosa do dono da camisa 42 no beisebol, nem tampouco o trabalho nos bastidores de Rickey, mas devolver ao esporte a função precípua de inspirar, incentivar e unir. E mesmo que Jackie Robinson não exigisse tantas lágrimas e aplausos quanto os que Brian Helgeland introduz aqui, ao menos elas vêm a serviço de um bom filme que faz jus à lenda.                                                                                               

Gênero: Drama

Distribuidora: Warner Bros.

Estreia: Direto em DVD – Agosto de 2013