cropped-topo21“Corajosos” é o quarto lançamento da Sherwood Pictures, o ministério de cinema de Sherwood Church, em Albany, Georgia. O primeiro lançamento desde “À Prova de Fogo”, o filme independente número 1 de 2008, “Corajosos” se junta a “Desafiando Gigantes” e “A Virada” para emocionar vidas através de histórias sinceras de fé e esperança.

O policial Adam, interpretado por Alex Kendrick, produtor do filme e escritor de vários livros, incluindo À Prova de Fogo, tem uma bela família, e ótimos colegas de trabalho. No entanto, tem um pouco de dificuldade em lidar com seu filho adolescente Dylan, por quem não faz muita questão de se sacrificar. Mas por sua filha Emily, Adam é completamente apaixonado. Ao lado de Nathan, Shane e David, Adam busca ser um grande policial e combater todos os males de sua pequena, mas relativamente perigosa cidade. Em meio a tanto compromisso, Adam poucas vezes se preocupou com sua conduta como pai, até que uma informação sobre o grande mal que a ausência de um pai provoca na vida dos filhos, e posteriormente uma tragédia em sua própria vida o impulsionam a mudar completamente suas atitudes. Juntamente com seus amigos, Adam decide que precisa mudar como pai, e cria um estatuto, comprometendo-se com Deus a dar tudo de si para fazer de seus filhos pessoas de bem e fieis a Deus até o fim da vida.

O filme é baseado em como as famílias são afetadas quando o homem não cumpre bem seu papel dentro de um lar. Não pense que isso é machismo, porque não é. A mensagem é que os filhos precisam de bons pais, o que apenas retrata a dura realidade: quando os pais são ausentes, certamente o futuro mostra na vida dos filhos o quanto essa ausência deixa marcas profundas, marcas negativas. E de uma forma bem dramática, mas com pequenas cenas divertidas, o longa conseguiu mostrar que nada pode ter mais valor do que nossos filhos e os princípios que ensinamos a eles, tais como benevolência, abnegação, honestidade, pureza moral e de caráter. Todo o homem que é pai ou deseja ser deveria assistir ao filme Corajosos, este filme retrata exemplos de forma clara de como deve ser a conduta de um pai e a importância da família viver em comunhão com Deus.

 

Créditos: Márcia Denardi