José Wilson Granjeiro, diretor presidente do Gran Cursos, decidiu elaborar uma lista de filmes para motivar os candidatos a manter o foco nos estudos até conseguir a vaga. A lista foi feita a pedido dos próprios alunos, que o abordavam após suas palestras. E os filmes Cristãos de sucesso não ficaram de fora, a lista foi feita a pedido dos próprios alunos, que o abordavam após suas palestras.

Foi difícil chegar a esses 14 filmes, mas cada um tem uma contribuição, histórias de fé, superação, de planejamento, organização, disciplina, resistência, brigar pelos sonhos, achar que tem sempre uma força superior que possa ajudar desde que se faça por onde e o papel da família no processo todo”, diz.

Veja abaixo a lista de 14 filmes indicados por José Wilson Granjeiro, que também elaborou as sinopses:

“À procura da felicidade” (2006)

Apesar de todas as tentativas de manter a família unida, Chris Gardner vê a mulher, mãe de seu filho de 5 anos, deixá-los por não suportar mais as dificuldades financeiras. Chris, agora um pai solteiro, continua a perseguir um emprego com melhor remuneração, usando toda sua habilidade de vendedor. Surge a oportunidade de ingressar como estagiário numa importante corretora de ações. Apesar de não haver salário, ele, na esperança de no final do programa conseguir um emprego e um futuro promissor, aceita o trabalho. Sem apoio financeiro, Chris e o filho são despejados e são forçados a dormir em abrigos, estações de ônibus, banheiros. Chris usa a afeição e a confiança que o filho depositou nele para superar os obstáculos em busca de condições melhores de vida.

“A virada” (2003)

Jay Austin vende automóveis usados em sua concessionária. O caráter manipulador do empresário influi em tudo a sua volta, inclusive em seus relacionamentos, de modo que nem mesmo a esposa e o filho confiam nele. Contudo, enquanto restaura um clássico conversível, Jay percebe que Deus também está trabalhando na sua restauração. Austin começa a virada em sua vida quando aprende a honrar a Deus em seus negócios, em suas relações e em sua vida.

“Ben-Hur” (1959)

O filme se passa na época de Jesus Cristo. Conta a vida de um príncipe judeu que, traído pelo amigo romano, é escravizado. Depois de lutar por liberdade, ele retorna para se vingar do traidor. Na Jerusalém do início do século I, vive Judah Ben-Hur, rico mercador judeu. Sua vida sofre uma reviravolta com o retorno de Messala, um amigo da juventude que agora é o chefe das legiões romanas na cidade. Um desentendimento por causa de divergências políticas leva Messala, mesmo ciente da inocência de Ben-Hur, a condenar o ex-amigo a viver como escravo em uma galera romana. Mas Ben-Hur terá a oportunidade de se vingar.

“Duelo de titãs” (2000)

Nos anos 70, numa cidade da Virgínia, a Justiça determina que as escolas promovam a integração entre brancos e negros. Em cumprimento à norma, a escola T.C.Williams substitui o treinador de futebol americano Bill Yoast, branco, por Herman Boone, negro. Além de não ser bem recebido, o novo treinador tem de lidar com jovens que estão juntos pela primeira vez e, por preconceito racial, não se dão bem. O racismo torna-se, então, o maior desafio que Boone enfrenta para levar o time adiante.

“Desafiando gigantes” (2006)

Nos seus seis anos como técnico de futebol americano de uma escola, Grant Taylor nunca conseguiu levar o time Shiloh Eagles a uma temporada vitoriosa. Ao enfrentar crises profissionais e pessoais aparentemente insuperáveis, a ideia de desistir nunca lhe pareceu tão atraente. Mas, quando um visitante inesperado o desafia a acreditar no poder da fé, ele descobre a força da perseverança para vencer.

“Homens de honra” (2000)

Carl Brashear ingressa na Marinha com o objetivo de entrar na escola de mergulho. Sunday, um reconhecido comandante de mergulhadores da Marinha norte-americana, desafia o novato para que ele desista. Anos mais tarde, depois que Carl sofre um acidente que o deixa aleijado, ele e Sunday juntam suas forças. O oficial ajuda Carl a enfrentar a burocracia da Marinha, a superar a perda de uma perna e a se tornar parte da história militar dos Estados Unidos.

“Invictus” (2009)

O filme acompanha a história de Nelson Mandela, no período que vai de sua saída da prisão, em 1990, passando por sua eleição para a presidência, em 1994, e os anos subsequentes. Na tentativa de diminuir a segregação racial na África do Sul, o rugby torna-se instrumento para amenizar o fosso entre negros e brancos, fomentado por quase 40 anos. O jogador Francois Pienaar é capitão do time e será o principal parceiro de Mandela na empreitada.

“Jogada de gênio” (2008)

O personagem principal é um professor universitário que tem uma ideia capaz de chamar a atenção da indústria automotiva. Kearns, engenheiro, inventor nas horas vagas e morador da Detroit dos anos 70, cria uma engenhoca que seria utilizada em todos os carros do mundo. Para a esposa e os seis filhos, era como se ele tivesse encontrado ouro. Porém, a fascinante invenção acaba se tornando um tormento para Kearns. Os gigantes da indústria automotiva se aproveitam da ideia e ignoram o verdadeiro autor do invento.

“O diabo veste Prada” (2006)

Andy Sachs, recém-formada na faculdade de jornalismo, se muda para Nova York com o namorado, Nate, e sai em busca de emprego. Consegue uma entrevista na revista de moda comandada pela editora Miranda Priestly. Mesmo sem nunca ter ouvido falar da revista ou da famosa editora, Andy consegue a vaga. Seu estilo, entretanto, é motivo de piada entre os novos colegas, inseridos no mundo da moda. Determinada a seguir em frente com o desafio, Andy muda o visual e se torna uma workaholic nas mãos da chefe. Ao mesmo tempo, começa a perceber o quanto está deixando de lado as coisas simples da vida.

“O fazendeiro e Deus” (2006)

Um fazendeiro muda-se para a África do Sul com a família e sofre uma série de perdas que julga ser incapaz de superar. Mas ele descobre o verdadeiro propósito de sua vida e desenvolve uma crença inabalável no poder da fé. Trata-se da história de um homem que cultiva as raízes da fé que, assim como ocorre com as batatas que ele planta na fazenda, só se tornam visíveis quando chega a hora da colheita.

“O som do coração” (2007)

August Rush é filho de um guitarrista irlandês e de uma violoncelista americana. Os pais, ainda jovens, se conheceram na Washington Square, em Nova York. Diante das circunstâncias, August foi deixado em um orfanato. Protegido por uma pessoa misteriosa e se apresentando nas ruas da cidade, August utiliza seu talento musical para tentar reencontrar os pais, de quem foi separado logo depois de nascer.

“Quem quer ser um milionário?” (2008)

Jamal Malik tem 18 anos, vem de uma família das favelas de Mumbai, Índia, e está prestes a experimentar um dos dias mais importantes de sua vida. Visto pela TV por toda a população, Jamal está a apenas uma pergunta de conquistar um prêmio de 20 milhões de rúpias. No entanto, no auge do programa, a polícia prende o jovem Jamal por suspeita de trapaça. Desesperado para provar sua inocência, Jamal conta a história da sua vida na favela onde ele e o irmão cresceram, as aventuras dos dois juntos, os enfrentamentos com gangues e traficantes de drogas e o amor por uma garota.

“Tempo de recomeçar” (2001)

Um jovem arquiteto sonha em construir a própria casa num penhasco à beira-mar. Mas George deixou que o trabalho, o tempo e as circunstâncias o distanciassem de seu sonho. Quando se deu conta, tinha envelhecido, estava desempregado, divorciado e afastado da família e dos amigos. A princípio, ele inicia o projeto sozinho, pois o filho adolescente não se interessa por nada que diga respeito ao pai. A ex-esposa e os vizinhos não acreditam que ele vá levar a ideia adiante. À medida que George vai realizando seu sonho, as relações com as pessoas importantes de sua vida também se solidificam. O que começa como o resgate de um desejo pessoal torna-se algo maior e mais forte do que a própria casa.

“Um sonho possível” (2009)                               

Um adolescente é encontrado na rua e convidado a passar a noite na casa da família de um colega da escola. À medida que a família ajuda o jovem a desenvolver todo o seu potencial – no esporte e na escola –, todos são conduzidos a uma jornada de autodescoberta.

Créditos: G1

Anúncios