Em competições difíceis como a Copa do Mundo é que comum que atletas e treinadores busquem algum tipo de motivação extra e inspiração para brigar pelo título.

Nessa Copa, a comissão técnica da seleção brasileira escolheu um livro para que os jogadores se mantenham motivados durante toda competição. Jorginho, o auxiliar técnico da seleção brasileira, distribuiu aos atletas exemplares de “O Futuro da Humanidade” do escritor Augusto Cury.

O livro conta a história de Marco Polo, um estudante de medicina que ao entrar na faculdade se vê diante de uma realidade que o perturba profundamente: a falta de respeito e sensibilidade dos professores em relação aos pacientes com transtornos psíquicos, que são marginalizados e maltratados.

Indignado, o jovem desafia profissionais de renome internacional para provar que os pacientes com problemas psiquiátricos merecem mais atenção, respeito e dedicação e menos remédios. Seu empenho acaba causando uma verdadeira revolução nas mentes e nos corações das pessoas com quem convive.

Uma história de esperança e de luta contra as injustiças, este livro é a saga de um desbravador de sonhos, de um poeta da vida, de um homem disposto a correr todos os riscos em nome daquilo que ama e acredita. Sua linguagem é clara, seus conceitos apresentados de forma simples, nos fazem refletir sobre o rumo que a sociedade está tomando.

Anúncios