Bem pessoal,o que você espera se um bom filme de suspense? Aquele momento de tensão no qual acreditamos que o assassino está atrás da porta e de repente se encontra a sua frente? Pulos de susto no sofà? Aquela trilha sonora de arrepiar os cabelos? Pois é exatamente em um sábado as 20:00hs da noite no dia 15/05/2010 meu amigo Alison Sabino me propoêm a assistir juntamente com meu camarada Elias e minha amiga Amanda, o suspense não tão suspense “Quando um Estranho chama”.

Diga-se de passagem uma refilmagem do clássico Mensageiro da Morte de 1979, sobre uma adolescente Jill (Camilla Belle)para quem se lembra do filme “O Mundo Perdido Jurassic Park,sabe aquela menininha que aparece na primeira cena do filme? Pois bem  Jill para ter uma grana extra procura trabalhar como babá de duas crianças em uma mansão totalmente isolada da cidade, até aí tudo bem se não fosse o fato de receber ligações de um estranho, que para o seu azar está bem mais perto do que se imagina.

Esse suspense feito em 2006, deixa muito a desejar, perto do original feito em 1979, devo confessar que nos 20 minutos de filme o sono é inevitável,esse é o problema, o filme tem todos os igredientes,casa afastada da cidade, vários comôdos, a garota e o telefone, pronto não falta mais nada, porém o que é estranho no filme é que não temos a maior noção de quem é o assassino e o porque de tal prática ou seja a motivação,em “Pânico”havia uma motivação, em”Eu sei o que vocês fizeram no verão passado também, “Sexta Feira 13 vemos a mâe de Jason matando pessoas pelo fato de deixarem seu filho se afogar no lago. Isso sem contar que vemos a face do assassino somente no final do filme e pronto acabou,realmente não fazem mais suspenses como antigamente,em uma escala de 1 a 10 creio que um 5 seria a nota mais justa pelo filme.

Trailer Aqui

Por Ricardo Sá

Anúncios