Rios, escadas que levam ao céu e florestas encantadas. Tudo isso habita a mente do Dr. Parnassus. No filme de Terry Gilliam, O Mundo Imaginário do Dr. Parnassus, o homem tem uma imaginação que dá origem a um mundo fantástico. Com uma trupe circense, ele vende entradas para este universo na Londres contemporânea.

O filme tem direção de Terry Gilliam que faz parte do grupo de comédia Monty Python, com o qual escreveu e atuou em filmes como “A Vida de Brian” (“Life of Brian“,1979) e “Em Busca do Cálice Sagrado” (“Monty Python and the Holy Grail“, 1975). Dirigiu ainda “Brazil” de 1985, “Doze Macacos” (“Twelve Monkeys“,1995) e “Irmãos Grimm” (“The Brothers Grimm“, 2005).

Filme foi a oi o último trabalho do ator australiano Heath Ledger –morto em 2008– atua. Ironicamente, na primeira aparição no filme, Ledger está enforcado e pendurado em uma ponte.

No longa, o ator interpreta Tony Liar –algo como Tony Mentiroso–, uma espécie de referência ao ex-primeiro-ministro britânico Tony Blair, segundo o diretor. Liar é um filantropo corrupto, que se esconde da polícia na trupe de Parnassus — encarnado por Christopher Plummer.

É Liar, com seu ar sedutor, quem ajuda Parnassus a tornar seu negócio mais rentável. Apesar de possuir um mundo fantástico, o doutor não encontra lugar para sua magia no mundo contemporâneo. Também vive em constante conflito com o diabo, Mr. Nick, vivido pelo cantor e compositor Tom Waits, que pretende ganhar a filha de Parnassus —Valentina, interpretada pela estreante Lily Cole — por meio de uma aposta.

Essas confusões do mundo real são intensificadas pelo universo imaginário de Parnassus. Quem entra no local o transforma, e encara seus desejos e medos. O espaço revela, ainda, a verdadeira natureza das pessoas. Ali, Tony Liar ganha outras “caras”, sendo interpretado também por Johnny Depp, Jude Law e Colin Farrell –substitutos para Ledger, que não finalizou as filmagens.

Divertido e cheio de referências –Ledger encontra, no mundo fantástico, barquinhos com fotos de famosos que morreram jovens, como James Dean–, o filme discute a ausência de valores de um mundo corrompido pela ganância.

O Filme estréia em 7 de maio.                                                                         Trailer Aqui

Anúncios