Foram anunciados os vencedores do 9º Festival de Tribeca 2010, realizado em Nova York. Os prêmios principais do júri oficial foram para o alemão When We Leave (Die Fremde), o vencedor vai receber US$ 25 mil, o documentário Monica & David, Dog Pound e The Arbor.

“Tribeca é um local de descobertas e eu estou muito orgulhosa por novos nomes terem emergido este ano do Festival”, disse a co-fundadora do evento Jane Rosenthal. “Tem sido um ano de expandir nossos horizontes em termos de público e riqueza do Festival, mas também um ano de filmes notáveis.”

O documentário Rush: Beyond the Lighted Stage, dirigido por Scott McFadyen e Sam Dunn, sobre a banda canadense, foi escolhido pelo público como o Melhor Filme.

Nesta edição, Tribeca realizou competição o primeiro festival virtual de filmes, com eleição nas categorias Melhor Longa-metragem e Melhor Curta-metragem.

O Festival de Tribeca tem, além de Jane Rosenthal, Robert De Niro e Craig Hatkoff como seus fundadores.

Confira os pricipais vencedores:

Melhor Filme
When We Leave (Die Fremde), de Feo Aladag (Alemanha)

Melhor Diretor
Kim Chapiron por Dog Pound (França)

Melhor Ator
Eric Elmosnino por Gainsbourg, Je t’Aime… Moi Non Plus (França)

Melhor Atriz
Sibel Kekilli por When We Leave (Die Fremde)

Melhor Documentário
Monica & David, de Alexandra Codina (EUA)

Melhor Diretor

Clio Barnard por The Arbor (Reino Unido)

Melhor Filme
Monogamy (EUA), de Dana Adam Shapiro

Melhor Documentário
The Woodmans (EUA/ Itália/ China), de C. Scott Willis

Melhor Curta-metragem
Father Christmas Doesn’t Come Here (África do Sul), de Bekhi Sibiya

Melhor Curta (Documentário)
White Lines & The Fever: The Death of DJ Junebug (EUA), de Travis Senger

Student Visionary Award
Some Boys Don’t Leave (EUA), de Maggie Kiley

Melhor Filme
Spork (EUA), de J. B. Ghuman Jr.

Tribeca Film Festival Virtual Best Short Film
Delilah, Before (Cingapura), de Melanie Schiele

Anúncios