A Sony tem um impasse nas mãos, quer produzir Motoqueiro Fantasma 2 (o primeiro filme que não foi um fenômeno de bilheteria, mas conseguiu um bom lucro e arrecadou quase 230 milhões em todo o mundo), pode ficar sem Nicolas Cage no papel principal. está correndo contra o tempo para produzir uma sequência de E, possivelmente, ela terá que se contentar com um novo ator no papel para substituir Nicolas Cage, o astro do primeiro longa.

Isso porque a companhia tem até 14 de novembro deste ano para começar o projeto, senão ela irá perder os direitos do herói. Caso isso aconteça, o Motoqueiro Fantasma volta a ser propriedade exclusiva da Marvel, o que significa que seus direitos serão da Disney (proprietária da Marvel).

O problema é que a agenda de Nicolas Cage pode estar corrida nesse período, a Disney e o produtor Jerry Bruckheimer querem rodar um terceiro A Lenda do Tesouro Perdido no último trimestre deste ano, o que geraria um cheque robusto para Cage. A situação começa a complicar ou a Sony toca o projeto sem Nicolas Cage ou passa a bandeira para a Marvel, coisa que o estúdio não quer fazer porque sabe que personagens em quadrinhos dão dinheiro. Fontes dizem que o estúdio está pedindo para a Marvel uma extensão no prazo, mas por enquanto não há nada definido.

Anúncios