Incrível Hulk é um dos personagens mais conhecidos das histórias em quadrinhos. Foi o super-herói da segunda série de histórias criada por Jack Kirby e Stan Lee, em 1962, dando continuidade à revolução dos quadrinhos iniciada com o Quarteto Fantástico. Seu nome verdadeiro é Dr. Robert Bruce Banner.

Origens do personagem

Na história original dos quadrinhos, o Hulk é o selvagem e poderoso alter-ego do Dr. Robert Bruce Banner, um cientista que foi atingido por raios gama enquanto salvava um adolescente durante o teste militar de uma bomba por ele desenvolvida. Este adolescente, Rick Jones, tornou-se companheiro de Banner, ajudando-o a manter o Hulk sob controle e mantê-lo longe dos ataques dos militares, que viam a criatura como uma ameaça.

Ao invés de perecer pela radiação, o cientista foi condenado a uma vida compartilhada com o seu lado mais obscuro, o também chamado Golias Verde. Originalmente, a cor do personagem era cinza, mas, por problemas na hora da impressão dos quadrinhos (a gráfica não conseguia acertar a tonalidade), ele apareceu num tom esverdeado, fazendo com que o Hulk passasse a ser o “Gigante Esmeralda” que conhecemos desde o início.

Outro fato interessante é que, nas primeiras histórias, a transformação de Banner em Hulk ocorria apenas à noite, como se isso fosse alguma maldição similar à dos lobisomens. Porém, em pouco tempo, Kirby e Lee chegaram a um acordo e o Hulk passou a surgir toda vez que o Dr. Banner ficava irado e despertava em si seu lado mais selvagem.

Pode-se afirmar que os seus dois criadores se inspiraram fortemente no clássico livro de Robert Louis Stevenson, The Strange Case of Dr. Jekyll and Mr. Hyde (no Brasil, Dr. Jekyll e Sr. Hyde ou, também, O Médico e o Monstro).
Poderes e habilidades

* Força Física: a força do Hulk não possui um limite estabelecido, atingindo níveis inacreditáveis. Com ela ele também pode pular enormes distâncias e usar sua palmada sônica. Ele conseguiu destruir o corpo “físico” do ser conhecido como Massacre.o maior peso que o hulk ja levantou foi 150 bilhões de toneladas na revista secret wars
* Resistência Física: o Hulk possui uma das maiores resistências das HQs, a ponto de sobreviver no espaço, sobreviver a altíssimas ou baixíssimas temperaturas, sobreviver no fundo do Oceano, sobreviver a explosões nucleares, e mesmo ao efeito Super-Nova.
* Fator de Cura: Considerado um dos melhores fatores de cura do Universo Marvel, igualando- se com o de Deadpool e maior do que o de Wolverine, o Hulk, quando tem sua integridade física atingida, é capaz de se regenerar quase que imediatamente sem sequelas. Podem ser citados como exemplos confrontos em que o mesmo teve a maior parte de sua massa muscular derretida (já foi dilacerada também) e se regenerou quase que instantaneamente.
* Mediunidade: O Hulk apresenta uma sensibilidade que permite que o mesmo veja formas astrais como a do Dr. Estranho e certas pessoas falecidas como o falecido pai de Bruce Banner.
* Resistência Mental: Devido as múltiplas personalidades e a complexidade da mente do Hulk, ele possui grande resistência a ataques mentais, sendo dificilmente vencido ou dominado por este tipo de ataque.

Relacionamentos

Inimigos

Na minissérie escrita por Neil Gaiman chamada 1602, a contraparte do Hulk chama-se David Banner, ele é um servo do Rei James da Escócia, que obedece a todas as suas ordens sem titubear. No final da minissérie, ele se transforma em um monstro bruto e cinza.

Ultimate Hulk

Assim como diversos personagens Marvel, Hulk também ganhou sua versão Ultimate. Nesta versão o Hulk é semelhante à um lutador de luta livre, daqueles tipos mais dementes, é racional, mas ataca com toda a fúria, fazendo piadas e mostrando o quanto é macho.

O surgimento dele não se deu através da Bomba Gama (Bomba-G), mas em experiências feitas pelo Doutor Bruce Banner, ele mesmo sendo a cobaia, para o projeto do Super Soldado do governo dos Estados Unidos, experiências estas, feitas com material radiotivo.

Em sua primeira aparição ele destrói a mansão dos vingadores, por pouco não causa um acidente nuclear, além de quase matar os Supremos.
Hulk no Brasil

A primeira vez que as aventuras em quadrinhos do Hulk apareceram no Brasil foi com a revista Super X da Editora Ebal, lançada em 1966 como parte da campanha promocional dos chamados Super-Heróis Shell, com os primeiros números distribuídos gratuítamente nos postos de gasolina daquela bandeira. Ele dividia a revista com outro super-herói: Namor, o Príncipe Submarino. Mas a primeira vez que o Hulk teve uma revista própria e com seu nome foi em 1972, na breve passagem pela Editora GEA. Em 1975 a Bloch Editores lançou a revista do Hulk, republicando as aventuras desde o número 1 da revista americana. Quando a RGE adquiriu os direitos do personagem, no início da década de 1980, lançou sua revista juntamente com a do Quarteto Fantástico e o Homem-Aranha, republicando algumas histórias que haviam sido publicadas pela Bloch. Depois de 48 edições, o Hulk passou para a Editora Abril, que o publicou até a virada do milênio. Após este período, o personagem e todos os direitos da Marvel, no Brasil, foram adquiridos pela Editora Panini, gigante mundial no seu segmento. O verdão chegou a ter título próprio, na referida editora, que durou até o #16, sendo cancelado. As aventuras do Hulk podem ser acompanhadas no mix da revista Universo Marvel.
Adaptações para outras mídias
Animações

* A primeira foi um segmento de 1966 (The Marvel Super Heroes).
* O Incrível Hulk de 1982.
* O Incrível Hulk de 1996, com a participação da Mulher Hulk.
* Uma das aparições mais recentes é em Hulk Vs., de 2009. São dois episódios chamados Hulk Vs Thor e Hulk Vs Wolverine.
* A mais recente aparição do Gigante Esmeralda é em Planet Hulk ( Planeta Hulk), de 2010. É uma animação lançada diretamente para DVD e Blu-Ray, que adapta a história em quadrinhos.

Série de televisão

O maior sucesso do Hulk na telinha foi o da série com atores reais. Apesar dos argumentos previsíveis e das críticas dos jornalistas, essa série teve 80 episódios de uma hora, e mais três filmes para televisão.

O seriado fugia um pouco do conceito original dos quadrinhos, mas conseguiu fazer bastante sucesso. Nele, o Dr. Banner (chamado no seriado de David Bruce Banner) era interpretado com maestria por Bill Bixby, o mesmo ator das séries Meu Marciano Favorito (My Favorite Martian) e O Mágico (The Magician). Para o papel do alter-ego verde de Banner, havia os músculos e os grunhidos do atleta fisiculturista, personal trainner e Mr. Universo Lou Ferrigno. Apesar do orçamento limitado, o produtor Kenneth Johnson (de V – A Batalha Final) tinha o apoio do genial Stan Lee, um dos criadores do personagem. Lee não escondeu, em entrevistas posteriores, que os produtores queriam mudar o nome de Bruce para David, porque não achavam Bruce um nome muito “másculo”.

A origem do Hulk, é verdade, sofreu várias adaptações para o público aceitar toda a ficção. Uma das mudanças mais significativas é que o Hulk da TV não falava nada, mas fazia muito barulho quando nervoso. O nome completo verdadeiro foi modificado de Robert Bruce Banner para David Bruce Banner (nome visto no tumulo de sua suposta morte) e o nome simples verdadeiro Bruce Banner para David Banner.

No primeiro episódio, David Banner estava trabalhando no laboratório quando aconteceu um acidente que acabou matando seu assistente. Contaminado pelos raios gama, o cientista se transforma no terrível monstro verde. Só que o jornalista Jack McGee (interpretado por Jack Colvin) presencia o Gigante Esmerala saindo do local do “crime”.

A partir daí, o incansável jornalista passou a perseguir David Banner, em todos os episódios procurando o monstro chamado Hulk. Inspirado na série da década de 1970 O Fugitivo, Bruce Banner torna-se um foragido da justiça, carregando a maldição de transformar no gigante.

Os roteiros eram sempre os mesmos: fugindo de Jack McGee, o cientista David Banner mudava de nome, cidade e encontrava alguém passando por problemas. Acontecia um fato que o deixava nervoso e ele se transformava no Hulk. Sem querer, o monstro verde acabava solucionando o problema na força!

No final de cada episódio, uma memorável e melancólica música instrumental (“The Lonely Man”) contribuía na dramatização do sofrimento de Banner, que vagava solitário e sem rumo nas estradas americanas, procurando por uma carona.

Vários atores conceituados na televisão, como Pat Morita (de The Karate Kid); Morgan Woodward (de Star Trek) e Gary Graham (de Missão Alien), também fizeram suas participações. A fórmula se esgotou e, mesmo com o protesto dos fãs, Hulk foi cancelado.

Os filmes que lhe deram sequência, alguns dos quais dirigidos pelo próprio Bixby, não foram bem sucedidos. Neles, aparecem outros heróis da Marvel, como O Demolidor e Thor (quase irreconhecíveis em relação aos quadrinhos, para irritação dos fãs).
O regresso em filmes de TV

No ano de 1988, foi feito um especial chamado The Incredible Hulk Returns (O O Retorno do Incrível Hulk), com direção de Nicholas Corea. Nesse filme, o Hulk enfrenta um Thor bem diferente de sua versão dos quadrinhos, neste filme aparece até o alter-ego de Thor, Don Blake.

O segundo filme para TV foi no ano seguinte e se chamava The Trial of the Incredible Hulk (O Julgamento do Incrível Hulk). O roteiro era de Gerald Di Pego e direção do próprio Bill Bixby. Dessa vez, o Hulk encontrou o herói cego Demolidorq não era bem ele, que se vestia de preto e mais parecia um ninja. Ou seja, também nada a ver com sua versão nas HQs!

Na história, David Banner era acusado por um crime que não cometeu. Durante um pesadelo sobre o julgamento, no momento mais marcante, ele fica tão nervoso que se transforma no Hulk, destruindo todo tribunal. O vilão nesse filme é Wilson Fisk, o Rei do Crime.

Em 1990, foi gravado The Death of the Incredible Hulk (A Morte do Incrível Hulk), no qual o personagem da Marvel cai de um avião e acaba falecendo.

O grande sonho de Bill Bixby era fazer uma continuação que se chamaria Rebirth of Incredible Hulk (O Renascimento do Incrível Hulk). Todavia, o ator não conseguiu interessados em patrocinar sua idéia. Não bastasse isso, ele não era convidado para papéis importantes na televisão e nem no cinema, porque ficou marcado pelo fato de ter interpretado o personagem.

Bixby teve, inclusive, diversos problemas familiares, como a morte de seu filho, que estava doente e, anos depois, sua esposa cometeu suicídio. Deprimido e sem motivação, ele acabou falecendo no ano de 1993, vítima de câncer na próstata. Seu último trabalho foi como diretor de episódios do seriado juvenil Blossom.
Filmes

Hulk foi adaptado para o cinema em 2003, assim como vários outros personagens da Marvel no mesmo período. O filme foi dirigido por Ang Lee (mesmo diretor de O Tigre e o Dragão). Como é tradicional nesse tipo de adaptação, a história (e sobretudo a origem) do personagem foi drasticamente mudada mas como é imprescindível ao contexto, a essência do personagem foi mantida. O Incrível Hulk, segundo filme inspirado no personagem, lançado em junho de 2008, deu um reinício mais fiel aos quadrinhos. Neste filme, Banner (Edward Norton) está refugiado no Rio de Janeiro pesquisando um antídoto quando é encontrado e precisa fugir para, posteriormente, enfrentar o Abominável e salvar Nova York da destruição total.
Ligações externas

* Hulk no site Marvel.com (em inglês)
* Especial Hulk no site Universo HQ (em português)

* Hulk: As origens do monstro no site Omelete (em português)

Hulk
Criadores Stan Lee · Jack Kirby
Publicações Hulk · Hulk & Demolidor
Universo Marvel
Personagens
Aliados Amadeus Cho · Betty Ross · Bereet · Marlo Chandler · Doutor Samson · Jarella · Rick Jones · Sabra · Mulher-Hulk · Jim Wilson
Inimigos Abominável · Brian Banner · Thunderbolt Ross · Flux · Meia-Vida · Líder · Tyrannus · Zzzax
Outras mídias
Séries de TV The Incredible Hulk (1977) · A Volta do Incrível Hulk (filme para TV, 1988) · O Julgamento do Incrível Hulk (filme para TV, 1989) · A Morte do Incrível Hulk (filme para TV, 1990)
Séries animadas The Marvel Super Heroes (1966) · O Incrível Hulk (1982) · O Incrível Hulk (1996)
Filmes Hulk (2003) · The Incredible Hulk (2008) · Hulk Vs. (filmes animados, 2009) · Planeta Hulk (filme animado, 2010)
Video Games
Solo Hulk (2003) · The Incredible Hulk (2008)
Outros Marvel Super Heroes: War of the Gems · Marvel Super Heroes · Marvel vs. Capcom (série)
Histórias e Eventos Planeta Hulk · World War Hulk
[Expandir]

Vingadores
Criadores Stan Lee · Jack Kirby
Membros
Novos Vingadores Luke Cage · Ronin · Dr. Estranho · Wolverine · Mulher-Aranha · Homem-Aranha · Eco · Punho de Ferro · Ronin (Clint Barton)
Poderosos Vigadores Miss Marvel · Homem de Ferro · Viúva Negra · Sentinela · Ares · Vespa · Magnum
Membros Antigos Homem-Formiga · Vespa · Homem de Ferro · Capitão América · Hulk · Thor · Capitão Marvel · Namor · Hércules · Edwin Jarvis · Gavião Arqueiro · Mulher-Aranha · Falcão · Fera · Coisa · Rick Jones · Feiticeira Escarlate · Falcão de Aço · Warbird · Estrela-de-Fogo · Mercúrio · Starfox · Mulher-Hulk · Pantera Negra · Visão
Vilões Abominável · Armadura Consciente · Caveira Vermelha · Destruidor · Encantador · Kang · Loki · Temugin · Thanos · Ultron

Publicações
Principais Vingadores · Avante, Vingadores! · New Avengers · Mighty Avengers · Vingadores da Costa Oeste · Vingadores Anual · Vingadores Sombrios
Auxiliares Força Tarefa · Vingadores Centrais · Jovens Vingadores
Realidades Alternativas Os Supremos
HIstórias Guerra Kree-Skrull · Atos de Vingança · Heróis Renascem · Vingadores: A Queda
Outras mídias The Marvel Super Heroes · Captain America & The Avengers · Os Supremos – O Filme · Os Supremos 2
Obtido em “http://pt.wikipedia.org/wiki/Hulk”
Categorias: Heróis da Marvel Comics | Hulk | Os Vingadores | Thunderbolts | Séries de televisão | Personagens de filmes

Anúncios