O projeto (estava engavetado no estúdio há sete anos) de adaptar para o cinema o bacana desenho “Super Mouse” (“Mighty Mouse”, no original) que está na geladeira da Paramount há anos vai ser descongelado.

Criado em 1942 por Izzy Klein e animado para o cinema por Paul Terry, dos Terrytoons, Super Mouse é uma sátira ao Superman. Seus poderes incluem superforça, invulnerabilidade e habilidade para voar, com os quais enfrenta terríveis felinos. A Paramount quer aproveitar para satirizar os inúmeros filmes de super-heróis que estão sendo produzidos atualmente.

O ratinho fez muito sucesso quando a CBS adquiriu os desenhos de Paul Terry para exibir na TV na década de 50. Muito reprisado, acabou ganhando outras séries animadas nos 70 e 80. Na década de 80, foi desenhado por ninguém menos que Ralph Bakshi, diretor dos desenhos de “Fritz the Cat”, “American Pop” e “Cool World”. O personagem clássico ficou marcado no Brasil por sua famosa frase: “Super Mouse seu amiiiiigo, vai salvá-lo do periiiiigo!”

O filme seria uma animação, mas o estúdio resolveu fazer um mistura de live-action com computação gráfica, visto que o formato está atualmente em alta (“Garfield”, “Marmaduke”, “Smurfs”) e ainda existe a possibilidade grande de um lançamento em 3D.

Segundo o Los Angeles Times, a Paramount atualmente procura novos roteiristas e um diretor para a adaptação do desenho às telas. Os nomes devem ser anunciados em breve.

Anúncios