O filme “Fúria de Titãs”, superprodução em 3D condenada pela crítica, chegou ao topo da bilheteria nos Estados Unidos e no Canadá em seu fim de semana de estreia, segundo números provisórios, divulgados neste domingo, pela empresa especializada Exhibitor Relations.

Fúria de Titãs tenta ser grandioso que deixa de ter essência. Falta carisma a Perseu, falta relevância no roteiro, falta um inimigo verdadeiro. Hades é imortal e o Slusho [monstro do Cloverfield], ou melhor Kraken, tem destino certo. É uma jornada injustificada. Um fracasso titânico. Um vexame em 3D, Assista em 2D.Fábio M. Barreto

Em ‘Fúria de Titãs’, a disputa pelo poder lança os homens contra os reis, e os reis contra os deuses. Mas a guerra em curso entre os deuses já é suficiente para destruir o mundo. Nascido de um deus, porém criado como homem, Perseu (SAM WORTHINGTON) se vê indefeso para salvar a família da aniquilação por Hades (RALPH FIENNES), o vingativo deus do reino dos mortos.

Sem nada a perder, Perseu se oferece como voluntário para comandar a perigosa missão de derrotar Hades, antes que este consiga obter poder de Zeus (LIAM NEESON) e instalar o inferno na Terra. Liderando um grupo de guerreiros, Perseus parte numa arriscada jornada nas profundezas dos mundos proibidos. Combatendo demônios cruéis e monstros terríveis, ele somente irá conseguir sobreviver se aceitar seu poder como um deus, desafiar a sorte e criar seu próprio destino. O filme estréia no Brasil em 21 de maio.       Trailer Aqui

Anúncios